sábado, 25 de julho de 2009



" Sumi porque só faço besteira em sua presença, fico mudo
quando deveria verbalizar, digo um absurdo atrás do outro quando
melhor seria silenciar, faço brincadeiras de mau gosto e sofro
antes, durante e depois de te encontrar.


Sumi porque não há futuro e isso não é o mais difícil de
lidar, pior é não ter presente e o passado ser mais fluido que o ar.


Sumi porque não há o que se possa resgatar, meu sumiço é
covarde mas atento, meio fajuto meio autêntico, sumi porque
sumir é um jogo de paciência, ausentar-se é risco e sapiência,
pareço desinteressado, mas sumi para estar para sempre do seu
lado, a saudade fará mais por nós dois que nosso amor e sua
desajeitada e irrefletida permanência."


(Por Martha Medeiros)

3 comentários:

nathalia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nathalia H. disse...

Nossa Guilherme, amei seus textos!
Por várias vezes me vi escrevendo o mesmo e muitos casos vivi esses sentimentos! Parabéns.

Nathalia disse...

Voltei,
não havia lido seu profile; a maratona também corro (ou melhor, tento!) e amo! Já o Flamengo e ser um poeta, somos dois. E uma boa conversa para esclarecimentos, hãm, DR'S! haha. Qual mulher não gosta?

É isso,
beijos.